domingo, 12 de outubro de 2014

Novo Jornal: "O Baile do Pó Royal"


A que ponto Minas Gerais chegou!!!

video

Letra da marchinha:
Deixaram o Pó Royal cair no chão
em pleno baile de carnaval 
achei que ia rolar a confusão 
mas a turma achou legal. 
O pó chegou voando no salão
que farra sensacional
deu até notícia na televisão
virou Baile do Pó Royal. 
O pó rela no pé
o pé rela no pó 
O pó rela no pé 
o pé rela no pó
Esse pó é de quem tô pesando?
Ah é sim, ah é sim
Você sabe eu também sei 
Ah é sim, ah é sim
Não espalha que vai ser melhor.


Made In Minas Gerais, Brasil.

E agora Aécio? “Baile do Pó Royal” é sucesso no YouTube

Marcha de carnaval fura o cerco da grande imprensa que tentou esconder a desmoralização de Aécio Neves perante a opinião pública nacional


Resgatando uma tradição popular, a utilização de marchinhas carnavalescas para criticar e debochar, transmitindo o que pensa a população sobre os personagens protegidos pela grande imprensa, no último dia 14, foi disponibilizado no YouTube, um vídeo contendo a marchinha "Baile do Pó Royal".
Em apenas um dia o vídeo foi acessado por 130.000 pessoas, transformando-se em Hit, demonstrando que a população tem seus canais para manifestar-se driblando a censura imposta pela grande imprensa, atendendo aos interesses das elites dominantes, independente do malefício que tal comportamento possa causar.
Fruto de 12 anos de censura a imprensa e bilionária verba publicitária criaram no País uma imagem de Aécio Neves que jamais correspondeu a suas ações e atitudes no exercício do Governo de Minas Gerais, conforme foi amplamente noticiado por Novojornal nos últimos 6 anos. 
Em represália ao nosso posicionamento, a irmã de Aécio, Andréa Neves promoveu uma implacável perseguição ao portal jornalístico, seja través da utilização indevida do Poder Judiciário, do Ministério Público e da censura econômica, chegando ao ponto da mesma ligar pessoalmente para anunciantes do Novojornal, alegando que ao anunciarem estariam financiando um “jornaleco” de oposição.
Mesmo diante dos processos judiciais, denúncias e arbitrariedades sofridas, não nos afastamos de nosso dever de noticiar com isenção, não aceitando qualquer ingerência ou censura. Experimentamos hoje a sensação de dever cumprido na função de informar nossos leitores.
Repete-se a história do “Rei Nu”. Quando a população levanta os olhos e enxerga, ninguém mais a engana.

Nota da Redação:
Às 16h19m desta quinta-feira (16/01/2014) o vídeo foi classificado pelo Youtube como "vídeo privado", impedindo o acesso ao mesmo, por esse motivo disponibilizamos abaixo o link onde o internauta poderá ter acesso ao mesmo.
O internauta "Montanha" enviou-nos um novo endereço disponibilizado no Youtube.
Recomendamos que caso queira preservá-lo, salve-o em mídia pessoal, pois a equipe de Áecio Neves poderá retirá-lo do ar a qualquer momento.